Arquivo da tag: Diário de bordo

“Diário de bordo”, de Cacaso

Os planos todos dispersos
os primeiros estranhamentos com o filho,
mecânico e pesado o coração destila
uma coleção de remorsos.
Fecho os olhos de horror e eis que
das obscuras raízes
do centro de minha fronte
das rendas negras da carne
esplêndida e cintilante
desponta
a aurora boreal

 

De Grupo escolar (1974)

 

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Poesia

O diário de bordo de Cecília Meireles

Enviado por Jorge Fernandes da Silveira:

Se eu descobrisse uma ilha, se uma ilha quisesse nascer do mar, para mim, eu lhe daria o nome de “Pensamento”. Vocês todos vão rir de mim, hein? Vão pensar naqueles mapas simbólicos, de geografia lírica, sobre os quais se debruçaram certamente cheias de pieguice (e quem sabe lá, cheias de desespero!) as carinhas maneirosas das preciosas ridículas… Mas vocês acreditam mesmo que eu seja uma criatura sentimental?

CECÍLIA MEIRELES. Diário de bordo, 2015, p. 145.

1 comentário

Arquivado em Poesia