Arquivo da categoria: Prêmio

Resultado do Prêmio Camões

Alberto da Costa e Silva, historiador, poeta, memorialista, membro da Academia Brasileira de Letras, foi contemplado com o prêmio máximo da língua portuguesa, o Camões, concedido, em edições anteriores, a Antonio Candido, António Lobo Antunes, João Cabral de Melo Neto, José Saramago, Lygia Fagundes Telles, Mia Couto, entre outros. A jornalista Maria Fernanda Rodrigues, do jornal O Estado de S. Paulo, escreveu a respeito da premiação e do premiado. 

Alberto da Costa e Silva é autor de Imagens da África: da Antiguidade ao século XIXCastro Alves, um poeta sempre jovemDas mãos do oleiro, entre outros.

Deixe um comentário

Arquivado em Prêmio

XIII Prêmio Funarte Marc Ferrez de Fotografia

Extraído do site Fórum:

A Fundação Nacional de Artes – Funarte lançou o Edital do XIII Prêmio Funarte Marc Ferrez de Fotografia. No programa, são oferecidos 18 premiações de R$ 53 mil, distribuídas em três módulos: Projeto de livre criação fotográfica; Projeto de documentação fotográfica do Brasil; e Projeto de produção de reflexão crítica sobre fotografia. O prazo de inscrições vai até o dia 18 de setembro.

Com a iniciativa, a Funarte pretende incentivar as ações artísticas no campo da fotografia e espera contribuir para a formação de público para esta linguagem artística em seus vários setores.

Podem se inscrever Pessoas Físicas (indivíduo ou representante de coletivo de artistas) ou Jurídicas. Cada proponente pode inscrever quantos projetos desejar, exclusivamente por via postal, com os seguintes materiais:

a) Formulário de inscrição, composto dos dados do proponente e do projeto, disponível no endereço eletrônico da Funarte (www.funarte.gov.br), devidamente preenchido, datado e assinado, obrigatoriamente na forma impressa; b) Currículo do(a) proponente e dos profissionais citados na ficha técnica do projeto, solicitada no formulário de inscrição; c) Carta de anuência da instituição que abrigará as ações do projeto. d) Carta de anuência de uma produtora e de uma assessoria de imprensa; e) Plano de comunicação com o detalhamento da estratégia de divulgação do projeto; f) Em caso de inscrição de coletivo de artistas, é obrigatória a apresentação de carta de anuência de todos os componentes do coletivo, identificando o nome do proponente e do projeto a ser inscrito;

Dúvidas e questionamentos poderão ser enviados para o endereço eletrônico: marcferrez2013@funarte.gov.br.

Para acessar a página da Funarte com todas as informações e edital completo, clique aqui.

Deixe um comentário

Arquivado em Prêmio

Prémio de Ensaio Eduardo Prado Coelho

Extraído do Blogtailors. O livro O cinema da poesia, de Rosa Maria Martelo, é mesmo uma beleza:
O livro O Cinema da Poesia, de Rosa Maria Martelo, venceu o Grande Prémio de Ensaio Eduardo Prado Coelho, atribuído pela Associação Portuguesa de Escritores com o patrocínio da Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão». Leia mais no Público e no Diário Digital.

1 comentário

Arquivado em Prêmio

Antes tarde do que nunca

A notícia chega atrasada neste blog, mas não pode ser esquecida. Extraída do blog da Companhia das Letras:

O escritor Mia Couto ganhou hoje o Prêmio Camões. Conhecida como a premiação mais importante da língua portuguesa, foi criada em 1989 e já foi concedida a João Cabral de Melo Neto, Pepetela e José Saramago, entre outros.

Mia Couto nasceu na Beira, em Moçambique, em 1955, e é um dos principais escritores africanos, comparado a Gabriel Garcia Márquez, Guimarães Rosa e Jorge Amado. Seu romance Terra sonâmbula foi considerado um dos dez melhores livros africanos do século XX. Em 1999, o autor recebeu o prêmio Vergílio Ferreira pelo conjunto de sua obra e, em 2007 o prêmio União Latina de Literaturas Românicas.

O autor virá ao Brasil no segundo semestre, para a Bienal do Livro do Rio de Janeiro. Veja abaixo uma breve entrevista de Mia Couto sobre seu romance mais recente, A confissão da leoa.

Deixe um comentário

Arquivado em Prêmio

Prêmio Literário José Saramago 2013

Extraído do blog da revista Ler:

Prémio Literário José Saramago 2013 |8ª edição

Regulamento

 

1.  O Prémio Literário José Saramago, instituído pela Fundação Círculo de Leitores com periodicidade bienal, celebra a atribuição do Prémio Nobel da Literatura de 1998 ao escritor José Saramago, destina-se a promover a divulgação da cultura e do património literário em língua portuguesa, através do estímulo à criação e dedicação à escrita por jovens autores da lusofonia.

 2.  O Prémio distingue uma obra literária no domínio da ficção, romance ou novela, escrita em língua portuguesa, por escritor com idade não superior a 35 anos, cuja primeira edição tenha sido publicada em qualquer país da lusofonia, excluindo as obras póstumas, bem como os autores que tenham já sido premiados em edições anteriores do Prémio.

 Nesta oitava edição, o Prémio contemplará uma obra publicada em 2011 ou 2012 por escritor que à data da publicação da obra (mês e ano incluídos na ficha técnica do livro), não tenha excedido a idade limite mencionada no corpo deste artigo.

 3.  O valor pecuniário do prémio a atribuir é de € 25.000,00.

 4.   As Obras admitidas a concurso terão que ser apresentadas à Fundação Círculo de Leitores pelas Instituições representativas dos Escritores e/ou dos Editores dos países respetivos até 31 de maio de 2013, devendo para o efeito ser remetidos dez exemplares de cada obra concorrente, para a seguinte morada: Rua Professor Jorge da Silva Horta n.º 1, 1500-499 Lisboa.

5.   A Fundação Círculo de Leitores procederá à divulgação do Concurso através dos meios de comunicação social, bem como através das Associações representativas dos Escritores e dos Editores de todos os países da lusofonia.  

6.  O Prémio será atribuído por um Júri composto por um mínimo de cinco e um máximo de dez personalidades de reconhecido mérito no âmbito cultural, cabendo a Presidência ao representante da Fundação Círculo de Leitores.

1º Composição do Júri:

 

Guilhermina Gomes – Presidente

Nelida Piñon

Ana Paula Tavares

Pilar del Rio

Vasco Graça Moura 

2º O Presidente do Júri designará um Comité Executivo, que integra o Júri, constituído por três membros, Manuel Frias Martins, Maria de Santa Cruz e Nazaré Gomes dos Santos, a quem compete:

a)  Verificar a regularidade formal das candidaturas recebidas;

b) Efetuar uma primeira leitura e um resumo de cada uma das obras concorrentes;

c)  Emitir um comentário sobre cada uma das obras admitidas a concurso;

 

7.   O Júri delibera com total independência e liberdade de critério, por maioria dos votos dos seus membros, cabendo ao Presidente o voto de qualidade em caso de empate. O Prémio poderá não ser atribuído, caso o Júri considere, por maioria, que as Obras apresentadas a concurso não têm a qualidade exigida. Haverá um único premiado.

 As decisões do Júri são irrecorríveis.

 8.  O Prémio será atribuído em novembro de 2013 e a sua divulgação será efetuada através dos Órgãos de Comunicação Social. A entrega do Prémio ao Autor galardoado será efectuada em cerimónia pública, em data a fixar.

 9.   As Edições subsequentes da obra galardoada deverão referenciar, em local devidamente destacado do volume e na cinta, a menção “Prémio Literário José Saramago – Fundação Círculo de Leitores”.

10.  O autor ou seu representante garantem desde já ao Círculo de Leitores a publicação da obra em clube do livro, nos termos de contrato de edição a celebrar, estando garantidos 5% de direitos de autor e considerando o valor do prémio como adiantamento de direitos de autor.

 11.   Os exemplares enviados não serão devolvidos.

 12.  A candidatura ao Prémio Literário José Saramago implica a aceitação do presente regulamento.

Deixe um comentário

Arquivado em Prêmio

“Após anulação, prêmio de poesia da BN vai para Ana Martins Marques”

Extraído do blog Prosa Online:

Depois de anular a decisão de conceder seu prêmio anual de poesia à coletânea de Carlos Drummond de Andrade organizada por Júlio Castañon Guimarães, “Poesia 1930-62” (Cosac Naify), a Fundação Biblioteca Nacional anunciou hoje que o novo vencedor da categoria é o livro “Da arte das armadilhas” (Companhia das Letras), da poeta mineira Ana Martins Marques.

O prêmio para o livro de Drummond foi concedido no dia 21 de dezembro de 2012, mas foi contestado em quatro recursos à Biblioteca Nacional porque o edital previa que a inscrição só poderia ser feita pelo próprio autor ou com sua autorização por escrito. Além disso, o livro não é inédito, reunindo poemas que já foram publicados.

Além da União Brasileira de Escritores e do Coletivo Quatati, grupo de produção e divulgação da literatura, entraram com recursos dois concorrentes ao prêmio de poesia: Renato Suttana, candidato com o livro “Opinionautas – A educação dos cavalos falantes”, e Marcus Fabiano Gonçalves, que concorria ao prêmio de poesia com “Arame falado” (7Letras) e reuniu 250 assinaturas pela anulação.

“Da arte das armadilhas” é o segundo livro de Ana Martins Marques, nascida em 1977 em Belo Horizonte. A obra já havia sido finalista do Prêmio Portugal Telecom de Literatura de 2012, na categoria Poesia, vencido por “Junco”, de Nuno Ramos.

1 comentário

Arquivado em Prêmio

Prémio Literário Casino da Póvoa divulga finalistas

Extraído do Portal da Literatura:

Já são conhecidos os oito finalistas do Prémio Literário Casino da Póvoa, no valor de 20 mil euros, atribuído no âmbito da 14ª edição do Correntes d’Escritas – Encontro de Escritores de Expressão Ibérica, que irá realizar-se entre 21 e 23 de fevereiro de 2013.

São os seguintes:

A Terceira Miséria, Hélia Correia, Relógio D’ Água

As Raízes Diferentes, Fernando Guimarães, Relógio d’Água

Caminharei Pelo Vale da Sombra, José Agostinho Baptista, Assírio & Alvim

Como se desenha uma casa, Manuel António Pina, Assírio & Alvim

De Amore, Armando Silva Carvalho, Assírio & Alvim

Em Alguma Parte Alguma, Ferreira Gullar, Ulisseia

Lendas da Índia, Luís Filipe Castro Mendes, Dom Quixote

Negócios em Ítaca, Bernardo Pinto de Almeida, Relógio D’Água

As listas dos finalistas, bem como doss ta dos finalistas, bem como  do Prbidos, bem como e alertar con 75 livros recebidos para o concurso, estão disponíveis no portal municipal. São livros de poesia publicados em português, editados em Portugal (1ª. edição), escritos por autores de língua portuguesa, castelhana e hispânica, entre julho de 2010 e junho de 2012. Foram excluídas as obras que não tenham respeitado as datas e as Obras Póstumas, Obras Completas, Compilações e Obras de Literatura Infanto-Juvenil.

O Júri, constituído por Almeida Faria, Carlos Vaz Marques, Helena Vasconcelos, José Mário Silva e Patrícia Reis, reunirá no dia 20 de fevereiro para decidir qual será o livro vencedor.

Ao Prémio Literário Correntes d’Escritas/ Papelaria Locus concorreram mais de uma centena de trabalhos (103) – poesia – escritos por jovens com idades compreendidas entre os 15 e os 18 anos, naturais de países de expressão portuguesa. O valor deste Prémio Literário é de mil euros e, para além disso, o Poema premiado será publicado na edição seguinte da Revista Correntes d’ Escritas.

Para o Prémio Literário Fundação Dr. Luís Rainha Correntes d’ Escritas foram recebidos onze trabalhos sobre a Póvoa, de prosa ou poesia. Os participantes habilitam-se ao prémio de mil euros e ainda a verem a sua obra editada pela Fundação

Está ainda a decorrer o processo de receção e catalogação dos trabalhos concorrentes ao Prémio Conto Infantil Ilustrado Correntes d’ Escritas Porto Editora (para trabalhos coletivos realizados por turmas do 4º. ano do 1º. ciclo do Ensino Básico).

O anúncio dos premiados realizar-se-á no dia 21, pelas 11h0o, no Casino da Póvoa, na Sessão de Abertura da 14ª edição do Correntes d’ Escritas, que decorrerá até ao dia 23, data na qual será entregue o Prémio ao autor galardoado na sessão de Encerramento – Cerimónia Pública – do Encontro.

Deixe um comentário

Arquivado em Prêmio