O vencido e o vencedor

Reproduzo o comentário de Carlos Alvarenga, do blog Finisterra, sobre o texto “Que literatura professa o policial?”, de João Camillo Penna:

Caro João Camillo, interessante reflexão a sua que me fez recordar a conversa entre a jovem Judith Lerner (Sarah Adler) e o poeta palestino Mahmoud Darwish no filme “Notre Musique” de Jean-Luc Godard. O filme se passa em Sarajevo, essa filial de Tróia no século XX . Há um encontro entre a sua opinião e a ideia central da conversa entre Darwish e a jovem: a necessidade de que a história dos vencidos seja contada. E há também um ponto de inflexão que nos deixa uma pergunta: pode um “vencedor” contar a história de um “vencido”? Ou dito de outra maneira, não há mais virtudes gregas em Príamo e Heitor que nos próprios gregos? Deixo-vos abaixo o “link” com essa cena magistral, testemunhada por vencidos.

 

 

4 Comentários

Arquivado em Artigo

4 Respostas para “O vencido e o vencedor

  1. Pingback: O vencido e o vencedor | BOCA NO TROMBONE! | Sc...

  2. Pingback: O vencido e o vencedor | O LADO ESCURO DA LUA

  3. Pingback: O vencido e o vencedor | EVS NOTÍCIAS......

  4. Pingback: O vencido e o vencedor | C O O LTURA

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s