De “Antigos e soltos”, de Ana Cristina Cesar

OCUPAÇÃO

o ato de escrever
ocupa metade da minha prosa e metade da minha vida.
mando um bilhete pra ele: vê se desocupa a
outra metade.

PREOCUPAÇÃO

bilhete não respondido: que ameaças
são essas?

DESOCUPAÇÃO

preciso sair da outra metade para ceder
lugar ao iminente ato de foder.

1 comentário

Arquivado em Poesia

Uma resposta para “De “Antigos e soltos”, de Ana Cristina Cesar

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s