Antes tarde do que nunca

A notícia chega atrasada neste blog, mas não pode ser esquecida. Extraída do blog da Companhia das Letras:

O escritor Mia Couto ganhou hoje o Prêmio Camões. Conhecida como a premiação mais importante da língua portuguesa, foi criada em 1989 e já foi concedida a João Cabral de Melo Neto, Pepetela e José Saramago, entre outros.

Mia Couto nasceu na Beira, em Moçambique, em 1955, e é um dos principais escritores africanos, comparado a Gabriel Garcia Márquez, Guimarães Rosa e Jorge Amado. Seu romance Terra sonâmbula foi considerado um dos dez melhores livros africanos do século XX. Em 1999, o autor recebeu o prêmio Vergílio Ferreira pelo conjunto de sua obra e, em 2007 o prêmio União Latina de Literaturas Românicas.

O autor virá ao Brasil no segundo semestre, para a Bienal do Livro do Rio de Janeiro. Veja abaixo uma breve entrevista de Mia Couto sobre seu romance mais recente, A confissão da leoa.

Deixe um comentário

Arquivado em Prêmio

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s