“A mulher de longe” em dois tempos: Lúcio Cardoso e Luiz Carlos Lacerda

Transcrevo aqui comentário de Luiz Carlos Lacerda referente ao post “Festival Lúcio Cardoso”:

Estou realizando um filme de longa metragem, A MULHER DE LONGE, sobre o filme homônimo inacabado dirigido por Lucio Cardoso em 1949. Os negativos ficaram desaparecidos durante os últimos 60 ano e recentemente foram recuperados pelo Laboratório da Cinemateca Brasileira. As imagens em P&B foram filmadas pelo grande diretor de fotografia Ruy Santos, do filme rodado numa aldeia de pescadores na praia de Itaipú, em Niterói, com Orlando Guy, Iracema Vitória,Maria Fernanda (filha de Cecilia Meireles), entre outros.O Diário da filmagem escrito por Lucio , cujos originais se encontram no Museu da Literatura na Casa de Rui Barbosa, servirá de base para a narrativa cinematográfica. O filme terá estréia em junho na Mostra de Cinema de Ouro Preto.Direção de Luiz Carlos Lacerda (eu), Fotografia do mineiro Alisson Prodlik , com musica do compositor mineiro Diogo Henrique e produção da M.atinê Filmes, e do Canal Brasil e com Apoio da Cinemateca Brasileira.

Deixe um comentário

Arquivado em Cinema

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s