Vamos com Al Berto

Al Berto é um daqueles poetas que precisa ser lido a cada dia. As razões disso são muitas, mas deixo aqui apenas uma, extraída de “notas para o diário”, do livro Horto de incêndio, publicado pela editora Assírio & Alvim: “deus tem que ser substituído rapidamente por poemas, sílabas sibilantes, lâmpadas acesas, corpos palpáveis, vivos e limpos.”

1 comentário

Arquivado em Poesia

Uma resposta para “Vamos com Al Berto

  1. jorge

    Sim, ser lido um poema seu como um pão nosso a cada dia.
    Eu mesmo, no meu curso da Pós na UFRJ, “O Retorno do Épico”, acabo de reler as “Três Cartas da Memória das Índias” com renovado prazer.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s