Feira Itinerante dos (Mais Belos) Livros e Afins

Dever ser incrível a Feira Itinerante dos (Mais Belos) Livros e Afins, conforme relato de Raquel Cozer:

Já tinha avisado que não iria à Festa do Livro da USP, que acaba às 21h de hoje, mas foi graças a ela –ou melhor, falando sobre ela, ontem, no bar– que fiquei sabendo de uma outra feirinha, beeem mais modesta e um tanto charmosa, que também está rolando por esses dias.

É a 2ª Feira Itinerante dos (Mais Belos) Livros e Afins, tão pequena quase me passou despercebida hoje cedo, quando fui visitá-la. Fica na r. Padre Chico, 697, perto do Sesc Pompeia, numa casinha dessas de beira de rua, e vai até este domingo, das 10h às 20h (ano passado, foi em Pinheiros).

São duas, três salinhas, só, com alguns poucos livros garimpados em sebos, por consignação: os organizadores escolhem os que cabem nos seus critérios (beleza, fofura, curiosidade ou seja o que for), expõem na feira e pagam uma parcela do que conseguiram vender aos sebos. Só entram edições interessantes pela tipografia, por gravuras, pela encadernação. No site, eles explicam: “A motivação do evento não é apego, moda retrô, nem apelo tecnofóbico – é paixão pelas texturas”.

Eu não ia levar nada, já tenho culpa o suficiente pelas caixas que se acumulam em casa à espera de mais estantes, mas estava sem livro na bolsa, então não resisti. Levei, a R$ 12, um “Fazenda Modelo”, a “novela pecuária” que Chico Buarque escreveu em 1974 (minha edição, com uma capa bonita, bonita de Noemi Ribeiro, é do Círculo do Livro, 1976).

O Gui, que sabe ser mais fetichista que eu, comprou dois mais antigos, “O Meu Portugal”, de Guilherme de Almeida (Companhia Editora Nacional, 1933, a R$ 25) e “Khadji Murat”, de Tolstói (Bibliotheca de Auctores Russos, 1931, a R$ 15), com tradução de Georges Selzoff.

Quando vi o Tolstói e seu tradutor francês, questionei o Gui se valia comprar uma tradução indireta, se hoje tem a do Bóris Schnaiderman, mas no meio da pergunta percebi que estava sendo pouco romântica com a coisa toda. O livro era lindo. Então pedi a ele que me mandasse por e-mail as capas e as informações. Pra pôr aqui. Chegando na redação, reli no e-mail o nome do tradutor e me lembrei de algo. 

Algo bem específico, na verdade: a letrinha tremida do Bóris Schnaiderman no meu bloco, há exatamente um ano (13 de dezembro de 2010, para ser mais exata), depois de uma entrevista na qual Selzoff foi citado. Na conversa, Bóris mencionou vários nomes; ao final, como bom perfeccionista, pediu meu bloco e anotou alguns mais importantes, para que eu não errasse a grafia.

Fui procurar a transcrição da entrevista no meu Google Docs e achei o trecho em que Selzoff foi citado. Aqui, ipsis literis:   

“No Brasil se fez tradução direta do russo antes de mim. Houve um indivíduo chamado Iuri Zéltzov, assinava como Georges Selzoff, à maneira francesa, porque era mais chique. E ele fundou uma editora, a Bibliotheca de Auctores Russos. Agora, ele não sabia português suficiente. Então, ele se associou a dois escritores brasileiros, o Brito Broca e o… o… [estala o dedo] Às vezes o nome está na ponta da língua e não sai… e o Orígenes lessa. Ficaram trabalhando pra ele. Ele ficava traduzindo do russo como podia, traduzindo pro português, e eles iam colocando num estilo aceitável. É um modo muito precário, muito precário. E, no entanto, traduziram muitas obras assim.”

No fim, o que Gui comprou foi uma das primeiras traduções direto do russo de Tolstói no Brasil. Por um russo que achava mais bonito assinar em francês e não sabia bem escrever em português, mas tem seu valor.

2 Comentários

Arquivado em Notícia

2 Respostas para “Feira Itinerante dos (Mais Belos) Livros e Afins

  1. Curiosidade: você adquiriu este livro (A Angústia de D. João) na II Feira Itinerante?:?

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s