Prêmio Fernando Namora

Notícia extraída do Diário de Notícias de Portugal:

O júri do prémio decidiu pela primeira vez, divulgar uma “short-list” dos 50 romances que concorreram ao galardão, todos publicados o ano passado.

Constituem a “short-list” os romances “A Máquina de Fazer Espanhóis”, de Walter Hugo Mãe, “Uma Viagem à Índia”, de Gonçalo M. Tavares, “Adoecer”, de Hélia Correia, “O Bom Inverno”, de João Tordo, e “Peregrinação de Enmanuel Jhesus”, de Pedro Rosa Mendes.

O vencedor o ano passado foi “Ilusão (ou o que quiserem)”, de Luísa Ducla Soares que assinalou o regresso da escritora ao romance, dez anos depois de “Educação para a tristeza”.

O Prémio, instituído pela Estoril Sol há 14 anos, tem o valor de 25 mil euros, sendo o júri presidido pelo escritor Vasco Graça Moura.

Integram ainda o júri Guilherme d’Oliveira Martins, em representação do Centro Nacional de Cultura, José Manuel Mendes, pela Associação Portuguesa de Escritores, Manuel Frias Martins, pela Associação Portuguesa dos Críticos Literários, Maria Carlos Gil Loureiro, pela Direcção Geral do Livro e das Bibliotecas, Maria Alzira Seixo e Liberto Cruz, convidados a título individual, e ainda Nuno Lima de Carvalho e Dinis de Abreu, pela Estoril Sol.

Deixe um comentário

Arquivado em Prêmio

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s