Os melhores da década

No sábado passado, no caderno Prosa & Verso, críticos da literatura elegeram os melhores livros de ficção e poesia publicados nos anos 2000. São eles:

Dois irmãos, de Milton Hatoum

Acenos e afagos, de João Gilberto Noll

O voo da madrugada, de Sérgio Sant’Anna

O filho eterno, de Cristóvão Tezza

Máquina de escrever, de Armando Freitas Filho

Elefante, de Francisco Alvim

Um defeito de cor, de Ana Maria Gonçalves

Nove noites, de Bernardo Carvalho

Leite derramado, de Chico Buarque

Eles eram muitos cavalos, de Luiz Ruffato

About these ads

Deixe um comentário

Arquivado em Notícia

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s